Uruguai me hace bien!!! Destino: Rocha

Quem ainda não conhece nosso vizinho, precisa dar um pulo por lá!

Terra de gente bonita, simples e simpática. O Uruguai me encanta desde pequena. Nesta minha ultima passagem por lá, curti algumas das opções que o Departamento de Rocha pode oferecer.

Tudo começa no cruzar da fronteira, pelo Chuy. Não tem que resista as compras nos duty frees. Bebidas, perfumes, cosméticos e eletrônicos fazem a cabeça de quase todos os brasileiros que passam por ali.

Não deixe de passar nas “queserias” do Chuy… repletas de gostosuras!

Ficamos hospedados no Hotel Internacional, que fica em plena Avenida Brasil, 679 do Chuy, no lado uruguaio. Acomodação super confortável e café da manhã farto e gostoso.

Quarto do Hotel Internacional do Chuy
Farto e gostoso café da manhã

Após o belo café e as compras, cruzamos a fronteira (não se esqueça de levar a carteira de identidade em boas condições ou passaporte!).

Vamos seguir viagem? Nossa primeira parada depois da aduana foi na Fortaleza de Santa Teresa (que fica dentro do Parque Nacional de Santa Teresa – criado para protegê-la). Localizada na atual cidade de Castillos.

Fortaleza de Santa Teresa

#No parque tem área para acampar – para aqueles que curtem uma aventura.

Lá estava acontecendo uma festa muito animada, da abertura da temporada de verão no Uruguai/2017.

Comes e bebes a vontade. Chefs de diversos locais do pais, em sua maioria de Rocha, cozinhando delicias com ingredientes locais para os que participavam da festa. Regada a muita música, a festa durou até o anoitecer.

Entre as delicias que provamos…

Hora de se despedir da Fortaleza e ir para Punta… Não, não é Punta que você conhece. Trata-se de outra “Punta”, que faz o maior sucesso: Punta del Diablo, um pequeno vilarejo de pescadores à beira mar. Um dos destinos mais procurados do país.

Sua infraestrutura não se assemelha em nada a Punta del Este. Por aqui tudo é mais “relax”, com um jeitinho mais simples, descolado e preços mais acessíveis. Muito surfe rola por aqui também!

Ficamos hospedadas na Pousada Aquarella, com boa infraestrutura e localização.

Posada Aquarella

Outra pousada que conhecemos foi a La Viuda Del Diablo.. encantadora, com o pé na areia e linda vista para o oceano.

Posada La Viuda del Diablo
Apto em frente a praia, em La Viuda del Diablo

O Happy Hour foi na Viuda Del Diablo… Onde curtimos o cair do sol e sua bela vista!

Vista da Viuda del Diablo

Nossa noite foi destinada a conhecer e provar um pouquinho das opções do vilarejo. O escolhido foi o “Il Tano”, italiano com sabor uruguaio.

Restaurante Il Tano

Excelente opção para provar os frutos do mar, conta também com carnesparrillas. A gente não perdeu a chance de experimentar o camarão e os ravioles com recheio de algas e ricota. Muito famosos também são os buñuelos de algas (bolinhos de algas fritos) típicos da região. Bem gostosos… Vale a pena provar!

Deliciaaaa... "Ravioles rellenos de algas y ricota y tallarín con salsa de mariscos"
Deliciaaaa… “Ravioles rellenos de algas y ricota y tallarín con salsa de mariscos”

O centrinho de Punta Del Diablo, mais precisamente na Avenida de los Pescadores e Avenida Central, conta com uma boa oferta de bares e pubs, alguns com música ao vivo.

Lá pelas 3, 4h da manhã – tarde né?! – o movimento segue para os boliches (nossas baladas), e começa a festa.

As baladas estão localizadas na entrada da vila, mais afastadas do centrinho, das casas e hospedarias. Garantindo assim, o sono aos que viajam em busca de sombra e água fresca.

Acorda que chegou a hora de conhecermos o tão falado Cabo Polonio!

Vista pra Cabo Polônio

Tudo começa com os caminhões-rally que te esperam na entrada da reserva. Sim! É um Parque Nacional. Chegou a hora de relaxar e conhecer este pitoresco local. Prepare-se para um local com menos stress, menos pressa, menos asfalto e menos maquiagem também!

Caminhões-rally

Horários de entrada e saída da reserva.

Após este trajeto de caminhão, chegamos. Fomos logo explorando o local. O Almacen El Templao te faz viajar no tempo.

Almacen El Templao
Almacen El Templao

Cabo Polonio é diferente de tudo… Uma península a 260 km de Montevideu (capital do Uruguai). Vá de coração aberto, porque por lá não existe luz elétrica, água encanada, asfalto e nem internet. Mas acredite… Você não vai sentir falta de disso. O lugar é mágico, com muitos leões marinhos, praias praticamente vazias e um pôr do sol lindíssimo.

As praias de Cabo Polônio, são tranquilas e pacatas
A praia do farol e seus leões marinhos
O caminho até o farol é repleto de conchinhas S2
O caminho até o farol é repleto de conchinhas S2
Casas e suas pinturas
Casas e suas pinturas

Existem hospedagens para todos os bolsos. Ficamos enamorados pela Pousada La Perla Del Cabo , que conta também com excelente restaurante em frente ao mar.

Vista para pousada e restaurante “La Perla del Cabo”
Quarto da pousada
Restaurante “La Perla”

Experimentamos de tudo um pouco… e o gostinho foi de quero mais! Não teve nada que não gostamos.

O Departamento de Rocha combina tranquilidade e agitação. Durante o dia o clima pacato de litoral, com uruguaios tomando mate, pegando sol… tudo com uma energia muito bacana!

Ao cair da noite, tudo se transforma! O barulho começa e pode-se perceber aquele ar de paquera e agito nas ruas.

No mês de janeiro tudo é muito concorrido nestes locais: hospedagem, restaurantes e baladas.

Para as refeições, existe uma variedade de restaurantes, muitos seguem um estilo hippie chic, outros são mais rústicos, alguns mais caros, outros mais baratinhos. Dá para escolher o que melhor se encaixa com seu perfil e bolso.

A natureza tem uma beleza distinta, você se encantará com a energia e será muito fácil deixar-se levar pelo ritmo despretensioso da vida que se leva por lá…

Como chegar:

O acesso se dá pela Ruta 9, Km 298.

Onde ficar:

Há inúmeras opções, desde campings e hostels badalados, casinhas aconchegantes para alugar e pousadas nas redondezas.

Você pode conferir as opções de hospedagem no site:  Turismo en Rocha

Quando ir:

Depende do gosto de cada um, há quem goste de praia no inverno, mas não se esqueça que na baixa temporada as opções são poucas, pouca coisa abre.

De dezembro a março é quando tudo acontece por lá, tudo vibra e o sol está constantemente presente.

Mais fotos:

Artesanato local
Artesanato local
Aproveite e experimente o delicioso "helado de dulce de leche"
Aproveite e experimente o delicioso “helado de dulce de leche”

# Uma das novidades é quês está sendo implantadas durante este ano, redes de wifi free em cerca de 30 praias!