Muju, o sabor do Peru em Porto Alegre

O restaurante Muju é pioneiro em culinária peruana na capital gaúcha. Com ambiente moderno e acolhedor apresenta um cardápio com opções diversificadas da rica e saborosa gastronomia peruana.

O cardápio do restaurante, diga-se de passagem, é muito interativo – um tablet onde se pode avaliar os pratos – tem opções variadas de entradas, pratos principais e sobremesas, incluindo pratos da alta gastronomia andina. A carta de vinhos é outra coisa muito bacana do cardápio, onde você pode saber qual o vinho que melhor harmoniza com seu prato respondendo algumas perguntas, inclusive o quanto quer gastar.

Cardápio interativo. Crédito de imagem Felipe Emanuelli
Cardápio interativo. Crédito de imagem Felipe Emanuelli

A cozinha peruana vem conquistando cada vez mais espaço no Brasil e no mundo. Alguns dos ingredientes utilizados são batata, milho, peixe, na maioria das vezes, cru, frutos do mar em geral, frango, porco. Como tempero, destacam-se as pimentas típicas ají amarillo, ají panca e rocoto. Algumas ervas são muito aproveitadas, como o cominho e canela, e a típica huacatay. Outro produto muito presente na cozinha do Peru é a quinoa, cereal originário dos Andes.

Para os drinks os proprietários da casa, Daniel e Natália, trouxeram o barman peruano Diego, que elaborou suas criações com novos sabores e ingredientes, explorando itens peruanos, misturando frutas e ervas saborosas (de R$22 a R$24,00). O destaque é o Pisco Sour, feito com Pisco (aguardente feita à base de uva), a bebida mais conhecida do Peru. No Peru, este drink é clássico, assim como a nossa caipirinha. Os ingredientes são limão, pisco, açúcar, clara de ovo e angoustura (licor de raízes). Além do clássico também tem outras versões do Pisco Sour, o Pisco Mascerado com hortelã, gengibre, lima, maracujá, physalis, figo ou ameixa seca.

Pisco Sour. Crédito de imagem Felipe Emanuelli
Pisco Sour. Crédito de imagem Felipe Emanuelli

Aproveitamos a oportunidade pra experimentar o clássico Pisco Sour e uma das criações o Morocho, feito com pisco, alecrim, ameixa, xarope de abacaxi e suco de limão. Leve, saboroso e refrescante.

Morocho. Crédito de imagem Felipe Emanuelli
Morocho. Crédito de imagem Felipe Emanuelli

São oferecidos também, variados tipos de bebidas tradicionais. Tem sucos, carta variada de vinhos e cervejas especiais, além do delicioso café expresso.

Sob o comando da cozinha está o chef peruano Carlos Paredes, que conta com mais uma equipe de nove peruanos. Logo ao chegarmos, recebemos à mesa um couvert bem apresentado, interessante e saboroso, o qual não é cobrado. Pães aquecidos dentro de um saquinho de papel, acompanhados de manteiga temperada na casca de um limão.

Quentinho, saído do forno e super saboroso. Crédito de imagem Felipe Emanuelli
Quentinho, saído do forno e super saboroso. Crédito de imagem Felipe Emanuelli

Com as diversas opções de entrada (de R$29,00 a R$49,00), pedimos sugestão ao maitre da casa, que nos indicou os Camarões crocantes (R$49,00) – camarão empanado com quinoa, servido com maionese de feijão e molho de laranja e pimenta. Simplesmente divino, a maionese de feijão harmoniza perfeitamente com os camarões. E a Degustación de Cebiches, são três ceviches à sua escolha. Optamos por pulpo, clássico (peixe do dia em cubos cru, leite de trigre*, batata doce e o famoso, milho peruano) e salmón (R$49,00). Todas porções muito bem servidas.

Camarões e sua crocância. Crédito de imagem Felipe Emanuelli
Camarões e sua crocância. Crédito de imagem Felipe Emanuelli
Os famosos cebiches. Crédito de imagem Felipe Emanuelli
Os famosos cebiches. Crédito de imagem Felipe Emanuelli

Entre os pratos principais, que vão das leves saladas a massas, carnes, frutos do mar, pato e pratos vegetarianos (de R$18,00 a R$60,00) optamos pelo Lomo Limeño tem sido um dos campeões nos pedidos da casa, apresentando uma perfeita combinação que reúne filé mignon, molho de shitake e o toque peruano, molho de huancaina (R$49,00). Foi o destaque da noite em nossa opinião, lembrando que cada prato tem sua peculiaridade. O Bondiola Chifa (R$45,00), para os apreciadores da carne suína, traz lombo confitado com molho oriental sobre arroz e vegetais apimentados (tipo chifa), também muito gostoso.

Pra voltar mil vezes, apresentamos a vocês o Lomo Limeño. Crédito de imagem Surian Dupont
Pra voltar mil vezes, apresentamos a vocês o Lomo Limeño. Crédito de imagem Surian Dupont
Para os amantes da carne suína, o Bondiola Chifa. Crédito de imagem Felipe Emanuelli
Para os amantes da carne suína, o Bondiola Chifa. Crédito de imagem Felipe Emanuelli

E pra arrematar, as sobremesas, lindas e muito delicadas. Entre elas, nosso pedido o Suspiro Limeño, feita de redução de leite condensado e leite evaporado finalizada com merengue de vinho do porto.

Esta delícia de fato, causa suspiros só de lembrar. Crédito de imagem Felipe Emanuelli
Esta delícia de fato, causa suspiros só de lembrar. Crédito de imagem Felipe Emanuelli

São pratos incríveis, bem preparados e montados. O restaurante oferece um serviço de qualidade e atendimento personalizado, com climatizado e linda decoração.

A cozinha peruana vai deixar você encantado e com água na boca.

*Leite de tigre: feito com peixe branco, especiarias peruanas, limão (batido). Peruanos acreditam que ele dá força e é afrodisíaco.

 

Serviços:

O Muju Restobar

Rua Coronel Bordini, 684 – Auxiliadora – Porto Alegre – RS

Telefone: (51) 3328-0348.

Funciona de segunda a sexta das 11h30 às 15h e das 19h às 24h.

Almoço com pratos a la carte – de R$10,50 a R$28,00

Sábado das 12h às 16h e das 19h às 24h.

Domingos das 12h às 17h.

Fachada. Crédito de imagem Felipe Emanuelli
Fachada. Crédito de imagem Felipe Emanuelli

One thought on “Muju, o sabor do Peru em Porto Alegre

Comments are closed.